terça-feira, 6 de outubro de 2009

E depois...


Não preciso cometer suicídio para fugir de algo, posso estar vivo e também estar fugindo.
Há pessoas que se apegam aos seus santos, vão a igreja encontrar deus para confortá-las mais eu não. Pois o único deus em que eu acreditei em vida foi no sistema nervoso central ele me deu vida e me tirou ela mostrando seu fabuloso poder de me tornar o senhor do meu próprio destino, talvez eu já estivesse morto há algum tempo e começando a apodrecer. Não sei o que acontecerá comigo depois só sei que amanhã estarei morto e depois de amanhã também...

1 Comentários:

Blogger billynho podre disse...

é tão bonito ve-la durmir

13 de abril de 2010 22:13  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial